"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."
Voltaire

tradutor

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

CARTA ABERTA À SOCIEDADE BRASILEIRA SOBRE O SISTEMA POLÍTICO EM 2010 E PARA 2011



Povo Brasileiro,

A situação aqui no Brasil está quase que cômica na política, e, como brasileiro, não poderia deixar a nossa reivindicação para 2011. Claro, mudanças não ocorrerão em uma semana, mas está na hora de acontecer isso. São pessoas públicas que desviam dinheiro pelas meias e cuecas com suas “orações benditas”, superfaturamentos em obras e órgãos do Estado Brasil a fora, e aumentos espantosos de salários já mega altos.

Por volta dos dias 15 e 16 de dezembro saiu a notícia do aumento do salário dos deputados, senadores e cia, concedidos por eles mesmos. Muito legal, não?! Você mesmo aumentar seu próprio salário, por vir uma ou duas (no máximo três) vezes por semana trabalhar meio expediente. O salário deles que já era alto – cerca de R$ 16000,00 por cabeça na Câmara – e passou para quase R$ 27000,00. Um aumento de aproximadamente 62% em algumas esferas e 133% em outras.

Povo Brasileiro, não devemos aceitar isso!! Toda essa difamação pela qual passamos, depois de ralarmos os nossos joelhos e braços, dia e noite, os sete dias da semana, a fim de recebermos R$ 510,00! Ainda querem se redimir conosco, dando “um aumento” de R$ 30,00 (oh, que benção) no nosso suado dinheiro mensal. E quem aprova esses aumentos? Os próprios políticos que simplesmente ignoram o povo e olham para suas carteiras.

Obras superfaturadas e organismos que estão infectados por servidores desonestos (uma minoria), atrapalham toda a funcionalidade do sistema chamado Brasil. É por essas razões que estudos, alimentação, transporte, rede de água e esgoto, moradia, serviços de telecomunicações são caros. Contudo, são exatamente o reflexo da nossa omissão, por desprezarmos o nosso país, o nosso presente e o nosso possível futuro em ficarmos calados. Se mudanças queremos, reclamações terão de ser feitas. Vejamos o poder de nossa força com a Lei Ficha Limpa para políticos desonestos.

Um novo ano se aproxima, e com ele novas esperanças de mudanças. Esperanças estas que deverão entrar em vigor de imediato. Não esperemos milagres. Somos nós o milagre que queremos, em construir uma sociedade que possa desfrutar das boas coisas em tempos de colheita. Há tudo aqui. E, para tanto, colher os melhores frutos exige perseverança e controle sobre as ervas daninhas que aparecerão em nossas terras.

Em suma: somos gente de raça e luta. Lutaremos neste ano que já aponta no nascer do Sol, a vontade de transformar a nossa sociedade. Argumentar, criticar e apelar os nossos direitos como cidadãos será uma de nossas metas. E assim, não aceitar como simples bonecos as ordens de qualquer legislador, que fira a nossa honra como pessoas de bem e ardor.

Cordialmente,

Felipe Gonçalves

Sobre o tema, selecionei alguns vídeos que rolaram por aí. Veja-os e construa sua crítica.
1 - Correio Brasiliense Vídeos - Deputados aumentam seus salários

video


2 - CQC Top Five - Deputado chora por receber R$ 7000,00


video

3 - O Custo dos Políticos Brasileiros

video

4 - Políticos na Suécia sem luxos e sem mordomias! [Parte 1]


video

5 - Políticos na Suécia sem luxos e sem mordomias! [Parte 2]

video

6 - Samba do corrupto no DF - Governador José Roberto Arruda

video

7 - Ricardo Boechat - Band News FM - Terça, 1 de Dezembro de 2009

video

8 - Vereador agride repórter e cinegrafista da Band no Maranhão

video

domingo, 28 de novembro de 2010

O CÂNCER NO RIO DE JANEIRO: POLÍCIA x TRÁFICO



Agora é Guerra! Polícia de um lado e Tráfico do outro

O problema das favelas do Rio de Janeiro é histórico, e já acompanha a cidade desde o começo do século XX. Lá a concentração da classe mais desfavorecida pelos avanços sócio-urbanos é alta, o que estimula o crescimento da ilegalidade e o desvio dos modos burgueses de conduta.

A falta de oportunidades para aqueles que moram nas inúmeras favelas espalhadas Brasil a fora – em especial as favelas Vila Cruzeiro e o Complexo do Alemão, local do conflito no RJ – são consequências do descaso do Governo Estadual. Desprezada as necessidades do povo como educação, moradia, saneamento, transporte e segurança, tudo isso, estimulou com que jovens entrassem na criminalidade repercutida na “cidade maravilhosa”.

Há tempos a polícia vem trabalhando “ferrenhamente” no combate ao crime organizado. E uma das táticas de combate é a criação das UPP's – Unidade de Polícia Pacificadora – implantadas nas comunidades mais violentas. O maior intuito das UPP's é de proporcionar segurança ao cidadão de BEM. Proporcionar à ele a dignidade de viver sossegado. A construção de escolas, postos de saúde e parques públicos resultam da realização desse programa.

O tráfico, desde então, têm sido reprimido. A perda de espaço na venda de drogas e armas tem estado em primeiro lugar na ação policial. A área inteligente da polícia tem feito um ótimo trabalho, quando possibilitaram o trabalho em conjunto dos vários órgãos competentes. No entanto, no dia 21 de novembro, domingo, começaram os ataques em alguns pontos da cidade do Rio. A queima de carros e ônibus pelos traficantes para intimidar os policiais e a população foram um dos recursos utilizados pelo tráfico.

Tais fatos rodaram o mundo pela semana com manchetes do tipo: “Polícia diz para que moradores não saiam de suas casas(ALJAZEERA); Tropas policiais acordam a favela com fortes grupos armados( EL MUNDO); No Rio, a operação contra o tráfico continua(LE MONDE)”. Com certeza tudo isso não é bom para a imagem do Brasil, que possui justamente o RJ como sede principal da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

É mais do que urgente o Brasil efetivar um trabalho que não permita o avanço dessa situação que se fixou no polo integrador do país. Por mais que o tráfico esteja enraizado como um câncer em estágio crônico, ao contrário deste, ainda há cura para o RJ.

Toda a atuação da polícia e o forte desempenho do BEM, é visto com base no apoio popular. As pessoas ajudam os militares envolvidos na erradicação do MAL nas favelas do Cruzeiro e Complexo do Alemão, na medida do possível. Fornecendo água e informações preciosas que auxiliaram a PM e o exército no alcance de criminosos. Muito diferente de tempos passados, em que a população se via acuada frente a força dos chefes do tráfico, o povo esteve mais participativo no combate. Somente a dupla polícia-cidadão é capaz de vencer essa guerra.

Enfim, é almejada a PAZ. A PAZ que nunca reinou ali, e que tanto é pedida. As pessoas querem poder andar tranquilas com seus filhos pelas ruas, sem se preocupar em levar um tiro ou ser morto. Não pode ser assim um país sede do maior (talvez) evento futebolístico do mundo. Queremos para todo o Brasil paz. Paz esta que tem sido roubada do povo. Quem será que a roubou? Assista Tropa de Elite 1 e 2.

Veja alguns vídeos feitos pela Rede Globo:

video


video

domingo, 14 de novembro de 2010

O ENEM SENDO O BRASIL


Muitos já ouviram falar do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – e poucos sabem sobre ele realmente. Em poucas palavras, o ENEM é uma prova que possibilita qualquer pessoa a ter acesso aos mais diferentes cursos superiores oferecidos por universidades públicas e privadas do país. Faz-se a prova e, ao conseguir a nota mínima esperada para o curso, pode-se escrever pelo SISU a pleitear uma vaga. Ou então, pelo Prouni, tentar uma bolsa integral ou parcial.

O ENEM tem sido aplicado com relativo sucesso desde 1998, sua primeira aplicação. De início, o exame tinha a função de diagnosticar os alunos egressos do Ensino Médio – o antigo 2° grau. Hoje a avaliação tem um contexto totalmente diferente de alguns anos. No entanto, o exame vem tendo descrédito. Coisa que não poderia acontecer. No ano passado – 2009 – o ENEM foi adiado pois funcionários terceirizados do contrato “Connasel” roubaram a prova. Uma série de transtornos foram acometidos, como o seu prorrogamento e a abertura imediata de portarias para a realização de vestibulares convencionais que utilizariam o ENEM e por fim, desistiram.

Neste ano, o problema não foi o roubo de provas, mas sim um erro na impressão do cartão-resposta. No 1° dia de aplicação do exame, as questões de 1 a 45 referentes a Ciências Humanas e suas Tecnologias do caderno constavam como as de 46 a 90 no cartão-resposta. Isso gerou confusão e inversão do preenchimento de respostas. “Quem começou errado a marcação do cartão e depois tentou concertar, se perdeu com as informações dos fiscais”, disse Mariele vestibulanda de medicina.

Uma prova como o ENEM, possui poucas chances de ser anulada como o Ministério Público Federal de Ceará e uma juíza de lá querem. Por mais que o Presidente Lula tenha dado respaldos ao exame, afirmando que se necessário será autorizado outro certame. Não creio que venha a ocorrer. Os custos com a sua montagem não é pequena(cerca de 180 milhões), interesses públicos e privados seriam afetados e o atraso do ano acadêmico de 2011 seria enorme, pois mais de 100 universidades públicas usariam o ENEM como meio único de adesão à faculdade. E tantas outras impossibilidades nesse “bolo”, por uma simples inversão de termos no cartão.

Vê-se agora que a empresa contratada pelo MEC não possuia experiência para uma prova desse nível. Erros de elaboração das perguntas que geraram amplas respostas foram recorrentes. Infelizmente isso não é de agora. O próximo Ministério da Educação pós Lula, Dilma, terá de encaminhar melhor essa situação. Escolher uma empresa que saiba formular questões, confeccionar a prova e distribui-la, não é difícil quando esta empresa é capacitada. Ela existe. É o caso da Fuvest, da Comvest(responsável pela prova da Unicamp), da Vunesp(responsável pela prova da Unesp), do Cespe/UnB que são de vestibulares nacionais que estão compromissados com a seleção.

Enfim, há crédito sim no Exame Nacional do Ensino Médio. Ele precisa ser pensado como um vestibular mais diferenciado. No âmbito de uma prova lógico-reflexiva e não mecânica(a pura decoreba). O problema é que tudo isso se torna um nada, quando o próprio país não dá o devido valor na educação.

domingo, 24 de outubro de 2010

PERDAS E ATAQUES: SERRA, O DESESPERADO



A poucas semanas das eleições do 2° turno, começaram inúmeras avalanches de investigações que incriminam coligados petistas e psdbistas. Esta não deveria ser a real campanha de presidenciáveis. Deveria sim ser calcada em propostas de governo e sem ofensas. Infelizmente, o horário eleitoral e os jornais, não comprovam isso. Principalmente por parte da “turma de Serra”.

Diga-me se você leitor viu, a algum tempo Serra discutir com o povo suas metas à presidência? A não ser atacar o Presidente, Dilma e seus coligados pela adjetivação TURMA DO MAL. O brasileiro não deve ganhar somente R$ 600,00, e estudar unicamente em escolas técnicas. Não sou contra os Institutos Federais, mesmo porque foi Lula quem mais trabalhou pela expansão e reforma deles, e construção de Universidades Federais. No entanto, o Brasil não precisa se especializar com ETEC's e PROTEC's. Organize melhor nossas Escolas Federais. NÃO MIGRE A AÇÃO MECÂNICA(exatas) PELA AÇÃO INTELECTUAL(humanas). FAÇA O POVO, O PAÍS PENSAR. SERIA ESSA UMA MANEIRA PARA IMPEDIR A RACIONALIZAÇÃO E CRITICIDADE DOS JOVENS? É MUITO PROVÁVEL.

Achei engraçado no Jornal Nacional de quinta-feira 21/10, a cobertura que o meio televisivo deu a bolinha de papel e a suposta fita crepe, atirada à cabeça de José Serra. Impressionantes 10 minutos. Quase um bloco inteiro. Analisaram vídeos e fotos, a partir de um perito contratado pela emissora. “ - Eram dois objetos diferentes, que atingiram a cabeça de Serra.”, disse o técnico em imagens. E AINDA VOCÊ VEM ME DIZER QUE A GLOBO, NÃO É SERRISTA?! NÃO É DIREITA?! NÃO SE ILUDA COM AS PEGUNTINHAS FEITAS POR BONNER NO JN AO VIVO EM SABATINA, QUE APARENTARAM APERTAR SERRA.

A Veja dessa semana publicou reportagens tentando derrubar os créditos que Dilma vem ganhando dos ex-eleitores de Serra. Não há como esconder da população votante, as indas e vindas de Serra. Como ele mesmo disse à Dilma – fala uma coisa outra hora rediz outra – “O Cérebro” nem olha para si. Aprova ou não o casamento gay Serra? Mas, isso não quero discutir aqui agora com você leitor. Só observe esses traços dele.

Os maiores expoentes da intelectualidade do Brasil apoiam o Governo atual e a sua continuidade. Chico Buarque, Marilena Chauí, Cristovam Buarque e muitos outros dão força pois querem ver o Brasil seguir mudando. Ao contrário de Serra, que só recebe apoio de seus partidários. De dentro do PSDB, e daí...! Nem a UNE-UBES na qual ele tanto diz ter se engajado o apoia.

PSDB, vai atrás dos atores da GLOBO. Alguns que não são informados o seguirão. DEFENSORES DE SUA CLASSE. E NO FINAL DE TODO ANO, VEM COM AQUELAS ENCENAÇÕES PATÉTICAS DE “UM BRASIL IGUALITÁRIO SOCIALMENTE , E DISTRIBUIÇÃO DE RENDA PARA TODOS. Oh HIPOCRISIA!

O Brasil precisa continuar a crescer. Não pode parar. Todos os programas sociais, alianças entre mercados internacionais e a alavancada do capital interno foram conquistadas no governo Lula e prosseguirá com Dilma Rousseff. Lutemos todos juntos, por um Brasil melhor sem favoritismo social e integrador dos menos afortunados.


Veja abaixo os vídeos relacionados a bolinha de papel, aos que apoiam Dilma e muito mais:


José Serra sofreu atentado por uma bolinha de papel e por uma fita crepe. Só a Globo explica

VERSÃO TV GLOBO:

video


José Serra passa outra versão sobre agressão no Rio de bolinha pela Record

VERSÃO RECORD:

video


José Serra diz ter sofrido agressão no Rio. Era uma inofensiva bola de papel

VERSÃO SBT:

video



José Serra se irrita com pergunta de Márcia Peltier na CNT, sobre a quebra de sigilo de tucanos e pesquisas.
ÁUDIO ORIGINAL:


video


Serra diz que Marina se parece mais com Dilma. Contraditório esse Serra em:


video


"APOIAMOS DILMA!"

*MARILENA CHAUÍ:

PARTE 1 - Serra é uma ameaça à democracia



video

PARTE 2 - Serra é uma ameaça a liberdade de expressão e de imprensa


video

PARTE 3 - Serra é uma ameaça para o meio ambiente


video

PARTE 4 -Por que precisamos eleger Dilma presidente


video


*CRISTOVAM BUARQUE:

PARTE 1 - Senador Cristovam Buarque apoia candidata Dilma

video

PARTE 2 - Senador Cristovam Buarque apoia Dilma candidata à Presidência


video

domingo, 10 de outubro de 2010

UMA IDEIA INFELIZ SOBRE DILMA E OS ATAQUES SERRISTAS

O monstro do radicalismo: José Serra. Que contradição não?!

Desde o início da campanha à Presidência da República não se viu o candidato do PSDB, José Serra, fazer uma discussão verdadeiramente política, a não ser injúrias vindas de seus parceiros. Escondido atrás de seus aliados como a VEJA, a GLOBO, a FOLHA de SP e tantos outros meios que possuem voz, não param de difamar a petista Dilma Rousseff. Por quê? Temem algum embate de ideias lógicas sobre a forma de governar em que o país hoje vive? Provavelmente Sim.

Há poucas semanas do dia da votação do 1° turno, pessoas coligadas à direita, soltaram infâmias sobre Dilma. Coisas do tipo: Dilma ganha, e, aprova o aborto; o casamento gay. São os principais temas discutidos em rodinhas de bate-papo. Aos mais despreparados quanto ao assunto, só resta-os sem muitas informações, a acreditar na fala daquele que o dirige a palavra.

A temática sobre o aborto é levada muito a sério no Brasil, por ser o país em suma católico. Para tanto, não me compete a analisar algum caso aqui. No entanto, convivo com pessoas que afirmam terem visto vídeos em que a candidata Dilma é favorável ao aborto. Mostrem-me um vídeo que Dilma, exclama: “Sou a favor do aborto!”. Não há esse vídeo. Nenhum jornal noticiou essa expressão de Dilma, pois ela não existiu. A única coisa que vi, são vídeos picados que não representam os pensamentos da presidenciável. Junto a eles, vêm aqueles comentários maldosos e sem sentido de uma extrema direita enlouquecida pelo poder.

Outra polêmica, envolve o caso dos casamentos homossexuais. A Constituição brasileira não permite esse tipo de arranjo – apesar de sabermos que existe – , e não seria Dilma a primeira a tocar nessa lei. Já ouvi conversas preconceituosos sobre até o modelo de corte-cabelo de Rousseff. Todos sabemos que ela só está com o cabelo daquele jeito, por ter sofrido com o câncer dos linfonodos.

Ainda sobre polêmicas, a censura à imprensa tem estado em pauta nos maiores meios de comunicação. O plano de medidas referente a mídia é clara: não se mexe no direito a opinião livre. Cada um pensa no que quer, fala o que quer. A verdade é que miudezas na transmissão das ideias midiáticas são distorcidas e repassadas aos espectadores parecendo verdade absoluta.

A Igreja, a maior detentora e perversora de pensamentos de seus fiéis talvez seja a grande vilã (apesar de ser católico, sei que há vários padres e pastores por aí mal informados. Digo: a Igreja vem perdendo seu verdadeiro sentido, e incorporando agora os preceitos mundados tratados por alguns homens nela infiltrados). Usurpando disso, psdbistas aproveitam a situação para espalhar essa polêmica. Já imputam à legenda do PT e seus seguidores trocadilhos e piadas maldosas que não citarei aqui.

José Serra nada fala em medidas de governo. Faz críticas ao Governo atual – “o Brasil pode crescer muito mais”–, a educação, a saúde. “Não é atoa que Serra é hipocondríaco, só pensa em saúde”, disse o velhinho piadista, Plínio Arruda, no debate na BAND. Mas, porque o Brasil é muitas vezes impedido de alavancar-se no cenário mundial como uma super economia (se o enfoque de Serra é esse, sempre)? Dívida externa (Plínio enfatizou-a demasiadamente GLOBO)? Impostos exagerados (vejamos os pedágios em SP ~ 10km de estrada = R$ 2,80)?

Amigo votante. Observe bem. Claro, é óbvio que José Serra possui mais carreira política que sua adversária. Não questiono isso. Olhe a Dilma também. A mulher entende demais de Brasil. Se possível, procure vídeos dela quando Ministra das Minas e Energia. Note como ela tem um molejo a falar do assunto Brasil. Então, qual é o fator da emblemática corrida à Presidência que Serra não expõe? Sua política de governo.

Você sabe em que espécie de governo o PSDB de FHC e José Serra têm para o Brasil? Uma política neoliberal. O que é exatamente … É uma tática de governo implantada em 1980 por R. Reagan (EUA) e M. Thatcher (Reino Unido) após o advento do keynesianismo (que pregava a intervenção do Estado na economia – welfare state), para prosseguir com os pensamentos capitalistas pós estabilização da crise de 29.

Em resumo, o neoliberalismo admite a livre concorrência e predomínio das leis de mercado ajustando as atividades e os agentes econômicos, adaptadas ao período em que se encontra. Ou seja, propõe redução da participação do Estado na economia com privatizações dos serviços públicos, liberdade nas taxas de câmbio e de juros, liberdade de ação de capital estrangeiro, antinacionalismo industrial, etc. Esse é o motivo para que José Serra e sua bancada não exponha suas metas de governabilidade. Esse é o medo do PSDB, pois a sua política foi a mesma aplicada com FHC, a exemplo, dos ocorridos com a Vale do Rio Doce (VALE) e tantas outras ex-autarquias.

A ética neoliberal reativa as ideias do darwinismo social. A ideia básica do “quer gostemos ou não, o mundo é uma selva capitalista. No século XXI, só vencerá quem souber ser competitivo. Os melhores sobreviverão, os fracos cairão. Por isso os governos não devem gastar dinheiro com assistência social nem devem melhorar a distribuição de renda. Afinal, tirar dos ricos para dar aos pobres não é premiar os fracassados e punir os competentes?”

E você, leitor pensante. Concorda com essas ideologias? Será que a eficiência deve ser o principal valor? A vida é mesmo uma selva? O objetivo da vida tem sido o de amar a si mesmo e consumir. Será esse o nosso futuro? Não é isso que quero deixar – e nem você – para a próxima geração se um dia Serra for eleito. Pense nisso.


Ciro Gomes - Serra não pode voltar
video


FHC sobre a privatização da Vale - Veja.com--Serra vai privatizar

video


Dilma critica novo factóide da Folha de S.Paulo 'Não podemos aceitar acusações sem provas'
video


Precatórios, serra e kassab - Jornal da Band - 05-06-2009
video

domingo, 26 de setembro de 2010

A HISTÓRIA DE GOIÁS NO PRESENTE POLÍTICO: O GOVERNO


Obs.: para o melhor entendimento do assunto veja também os vídeos que estam referidos para você no texto. A fim de que você possa comprovar a verdadeira história a partir do que estou ti repassando e argumentando.Eles estão em ordem.


Antes de apresentar-lhe os fatos, venho a fazer-te uma reflexão: “Você acha que o nosso Estado de GO poderia ser melhor em que? Na educação?(veja vídeo 1 no final do texto)
Na saúde? No transporte? Na verdade, esse é o básico que deveria ser dado ao povo para uma vida digna, certo?!” Pois bem, vamos ao contexto político...

O que nos importa agora é saber como o nosso Estado de Goiás foi conduzido a tal ponto: estar mergulhado em dívidas de suas principais empresas(como as empresas criadas no governo de Mauro Borges Cosego, Ciago[Saneago], Idasgo, Cerne[TBC e RBC], Caixego, Ipasgo, Dergo e outras até já falidas), e passar anos com a corda no pescoço. Ressalto a CELG, que foi como um bibêlo nas maõs de Marconi durante seu governo em 1999 e 2002.

Nessa época, Marconi após se filiar ao PSDB por atritos no seu ex-partido – PMDB, discidência do antigo MDB – consegue vencer Iris Rezende nas eleições. Até aí, beleza. Mas, as acusações começam por aqui. Veja: de acordo com uma lei, os custos do Poder Judiciário não podem ultrapassar de 32 mil e do Legislativo de 28 mil. Para o Executivo é 55 mil. Porém, o Executivo gastou 63 milhões no final do governo marconista. Dinheiro público utilizado na campanha publicitária da CELG que visava mostrar a atual administração.

A CELG era uma empresa, segundo Maguito Vilela, possuidora de um vasto campo de expansão até cair no colo de Marconi. (veja a vídeo número 2 no final do texto). A CELG no governo tucano – 1999 a 2006 – adquiriu uma dívida que passou dos que já existiam. Dos 1,49 bi pularam para 5,9 bi. Vê-se como os psdbistas sabem torrar bem o dinheiro do povo, num pequeno espaço de tempo.

De acordo com Edison Lobão(à época Ministro de Minas e Energia), a venda da Usina de Cachoeira Dourada e os “juros elevados” foram alguns dos responsáveis pelas divídas da CELG. Desde 2001 o PSDB queria privatizar a estatal(relíquias do passado do partido). Um vídeo enviado pela Associação dos Amigos da CELG(ASSACELG), relembra a propaganda oficial do partido veiculada no horário eleitoral no TRE(veja vídeo 3 no final do texto). Na ocasião, os tucanos tentavam convencer a população do projeto de privatização da CELG enviado à Assembleia Legislativa pelo então governador Marconi Perillo.

O decreto n° 5488, de 26 de setembro de 2001, assinado pelo governador Marconi Perillo determinava: “ - aprovação do preço mínimo de alienação das ações do capital social da Companhia Energética do Estado de Goiás, visando a sua desestatização, e dá outras providências.” (Confira a íntegra do decreto no link: http://www.gabinetecivil.goias.gov.br/decretos/numerados/2001/decreto_5488.htm ).

Por estudo do caso, e nova situação de disputa o promotor público Fernando Krebs – do MP-GO – move ação civil contra o candidato ao governo de Goiás 2010: Marconi Perillo. Krebs denuncia Marconi de improbidade administrativa em três esferas: enriquecimento ilícito, lesão ao patrimônio público e irregularidade na conduta do cargo(veja vídeo 4 no final do texto).

Segundo o Wikipedia improbidade administrativa é caracterizada, sucintamente, pela violação aos princípios da moralidade, impessoalidade e economicidade e enriquecimento ilícito no exercício, conforme previsto por lei. A Lei Federal n° 8429/92 trata dos atos de improbidade praticadas por qualquer agente público. Os atos incrimináveis são aqueles que importam vantagem ilícita, ou que causam prejuízo ao erário, ou que atentam contra os princípios da administração pública. As penalidades envolvem ressarcimento do dano, multa, perda do que foi obtido ilicitamente, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos (de 3 a 10 anos, conforme a hipótese) e proibição de contratar com o poder público. Essa lei estabelece três espécies de improbidade: os que importam enriquecimento ilícito(art. 9°), os que causam lesão ao patrmônio público(art. 10°) e os que atentam contra os princípios da administração pública. Muito embora tenham penalidades, os atos de improbidade administrativa não são considerados "crimes"(meu Deus!), A lei não prevê punições de caráter penal e, sim, as de âmbito civil, ou seja, incluem a perda da função, suspensão dos direitos políticos, multas e reparação do dano.

A denúncia feita pela ASSACELG afirma que “Marconi orientou a bancada do PSDB a votar contra o projeto de reestruturação da Companhia – inviabilizando a CELG, que poderia ter sua concessão cassada pela ANEEL”.

Ainda de acordo com a mensagem enviada pela ASSACELG, “em 2001, Marconi correu o mundo para vender a CELG. Foi ao EUA, Bélgica e Inglaterra. A ideia era vender a CELG para o grupo Tractebel, que inaugurava naquele ano as Usinas de Cana Brava e Serra da Mesa. Era a fome com a vontade de comer, pois o grupo Tractebel tinha duas mega-usinas em GO e não tinha distribuidora”, relata.

A associação avalia que ao votarem contra o projeto proposta pela Eletrobrás, com consentimento do presidente Lula e do governador Alcides Rodrigues(que agora cortou aliança com
Marconi por deixá-lo sozinho no meio da cagado do tucano), os deputados do PSDB goiano, e parte da bancada do PMDB, pode ter decretado o fim da CELG como Companhia Estatal de Energia Elétrica(reveja o vídeo 3 no final do texto).

Enfim caro amigo, história tortuosa essa do nosso Estado. Já não bastasse os problemas rotineiros da nossa gente sofrida de pé rachado. Na minha opinião, Não há sequer um candidato bom ao Estado realmente qualificado para tirá-lo dessa crise. Apesar de podermos pegar um exemplo clarissímo disso “né companheiro”! Creio em um só homem para tanto: Cristovão Buarque. Este sim tem compromisso com o Brasil. Lutemos! Lutemos, por um Estado mais igual. Que saiba distribuir melhor as fatias do bolo com a sociedade. Toda essa farra não pode ficar impune!



Pense em Goiás... vote com a sua razão! E grite conosco:
Por favor, "NÃO VOLTA"!!


1-Sintego - Marconi diz DINHEIRO DA EDUCAÇÃO TÁ NO MEU BOLSO
video

2-Maguito afirma QUEM ACABOU COM A CELG FOI O MARCONI E O PSDB-VEJA O QUE MAGUITO DISSE

video

3-A verdade sobre a Celg-PSDB QUER PRIVATIZAR CELG-PROP. 2001

video

4-Psol goiano move processo contra corrupção na CELG-VEJA O QUE O PSOL DISSE


video

5-MARCONI PERILLO DIZ POLICIA DE GOIAS E UM GRUPO DE EXTERMINIO

video

6-MARCONI PERILLO DIZ NAO VENDI A CELG PORQUE NAO TINHA COMPRADOR-VEJA O QUE MARCONI DISSE

video

7-Denuncia Marconi

video

8-Marconi PGM Celg Fala-A VEZ É DELE AGORA

video

9-Iris Rezende - Governador de Goiás 2010-VEJA O QUE O IRIS DISSE

video