"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."
Voltaire

tradutor

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

VOTAR, EM QUEM VOTAR? EIS A QUESTÃO


Chega a hora de todos nós exercermos a nossa cidadania em outubro, quando elegeremos para o governo municipal pessoas cultas, bem informadas, íntegras, de moral invejável e que lutam fervorosamente pelo povo. Pessoas que dão a vida pela causa. Pela causa humanitária, ecológica, educacional, social e pública. São pessoas como estas, desinteressadas em altos salários, em conchavos partidários, portadoras de um passado transparente e único (Ficha Limpa), que precisamos. Ah, tem mais: logo elas estarão à sua porta, sabe pra quê? Para levá-lo ao Fantástico Mundo da Embromação.

Não é pra menos que tudo (ou quase tudo) se transfigura durante a “época de eleição”. Indivíduos totalmente desconhecidos para você, passam, repentinamente, a serem seus amigos nesse tempo. E, olha, ôô cara chato esse viu... dá papelzinho com sua fotinha e tudo mais, como se fosse fácil esquecê-lo até a data da votação. Batem nas suas costas antes de partirem, confirmam seu voto, e somem para nunca mais serem vistos novamente. Aliás, misteriosamente, a cada quatro anos, eles executam uma espécie de diáspora invertida, retornando, assim, a casa da qual retiraram seu “néctar da bonança” (o voto).

Cabe a cada um de nós na sociedade, negar aquele mel aos espertalhões que só querem se lambuzar, furtando dos políticos de boa fé (in literis ou não) o trabalho honesto. Mas, jogar esse mel no rio também não pode. É importante saber em quem confiar as chaves da dispensa pública onde se guardam os tambores desse melado. Se as leis punitivas são pouco eficazes (CPI's e Tribunais sem inquisição), o boca-a-boca conta bastante. Por exemplo, caso toda a população de nossa humilde terra soubesse que senhores como Maluf, Cachoeira, Demóstenes & Cia, roubavam os potes sem serem incomodados, não elegeriam eles (?) repetidas vezes como guardiões do porta-chaves.

Contudo, o tempo vai passando... a memória já não é lá essas coisas..., e pimba! Maioria dos votos válidos ou proporcionais efetivam os “ladrões da riqueza comum”! Mas, como? Esse tipo de raça usa de estratégias de guerra muito melhores do que o combate mano-a-mano: a persuasão. O marketing radiofônico e televisivo de que empregam em campanhas eleitorais é enorme. Lógico, a alienação do povo também ajuda. O ano 2000 foi prova de como o atual governador-mor de Goiás soube usar disso.

Agora, só pra finalizar meu pensamento: dá pra ficar triste com os jingles de campanha? E com as figuras engraçadas do “horário eleitoral gratuito sob responsabilidade dos partidos políticos”? Dá-lhe Delesmanos, Joãozinhos da Pamonha, das Ambulâncias, dos Detrans, Ivones dos Procons, dos Cais, e e e e … lista grande que cansa. Não caberia aqui, nem na cabeça das pessoas se não fossem esses apelidos hilários e cheios de criatividade. Mas, cá entre nós, chamar um indivíduo desses então de Vossa Excelência é a pura gozação, não? Se brincam com o sério, porque o inverso também não pode? Aaaa vai entender essas coisas viu.

***FOTOS:

FICHAS SUJAS DEFERIDOS

"AUMENTAREI MEU SALÁRIO"

CORRUPTORES DA EDUCAÇÃO

CANDIDATOS À PREFEITURA DE GOIÂNIA

***VÍDEOS:

O PODER DO VOTO

VOTO CONSCIENTE

NÃO ACEITE CORRUPÇÃO!

*****VIGIE SEU CANDIDATO APÓS AS ELEIÇÕES:

*Não Aceito Corrupção (Ministério Público Democrático):
http://www.naoaceitocorrupcao.com.br




*Movimento Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE): http://www.mcce.org.br/


*Voto Consciente: http://www.votoconsciente.org.br/

*Transparência Brasil: http://www.transparencia.org.br/

*Portal da Transparência: http://www.portaltransparencia.gov.br/



*Projeto Excelências (Transparência Brasil): http://www.excelencias.org.br/


*Câmara Municipal de Goiânia: http://www.camara.go.gov.br/default.aspx

2 comentários:

Bianca Ganzarolli disse...

gostei muito Felipe!bom para despertar uns zumbis votantes,e dar um choque de realidade nos que acham que veem tudo.muito bom texto e filmes.Abraço

Felipe Gonçalves disse...

Valeu Bianca! Gostei muito de te ver aqui no Blog!

Sobre o texto, tentei chamar a atenção do leitor sobre a nossa realidade eleitoral de uma forma bem humorada. Espero ter conseguido isso.