"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."
Voltaire

tradutor

domingo, 10 de julho de 2011

UM ANO DE BLOG


Por que um Blog?,“Que função teria na sua vida?”,“Muuuita besteira”,“O seu curso não lhe cederá espaço...” são algumas das frases que há um ano tenho escutado. Por mais que eu até saiba disso, escute e concorde em partes, acredito no Blog. Não encarando-o como um bibelô, ou um brinquedo novo, que se compra/ganha e fica por aí mostrando. Não. Vejo nele a oportunidade de algo mais, de fazer mais, de sentir-me atuante, o cidadão. Talvez sejam estas pequenas motivações que me banquem.

Pra falar a verdade, a ideia de uma página na internet que divulgasse o que você leitor(a) já lê, não foi exatamente minha. Tinha pretensões vagas, muito vagas de escrever coisas do estilo. E por um amigo, fui encorajado. Claro, depois de muito pensar na proposta de criar um espaço que possibilitasse um local de debate e crítica, com temas para reflexão e informação. Estes, presentes na vida de qualquer pessoa. Comentados sem medo de falatórios ou de um simples fechar de página seguidos por uma risadinha de deboche. Encarei, e deu no que deu.

Hoje o Blog do Felipe – Uma crítica construtiva recebe visitantes de vários continentes. Países dentre os quais Rússia, Portugal, Eslovênia, Alemanha, Canadá, Japão, Bélgica, Reino Unido e EUA. Com cerca de 130 acessos por páginas na semana, orientados para, além dos posts, as categorias de Páginas do Blog: Ciência, Literatura e Cultura, Além do Blog, Divertimento, Reflexão e outras. Agrupar aspectos interativos, engraçados e capazes de prender a atenção de quem se dispõe a dar um voto de confiança, ou mesmo de dó, e voltar, e voltar ao Blog é a intenção desse projeto.

Esclareço: o propósito de tudo isso, não é criar um diário virtual iguais ao de uma adolescente (nada contra, mas...) ou iguais ao de um filósofo político barbudo. Delete esse pensamento, pois o trabalho aqui está baseado no intuito de somar argumentos e propostas para uma discussão à melhoria na vida de todos, ainda mais quando esta é feita por todos.

Enfim, completar Um ano de Blog reflete mais de que uma luta de insistências e desafios. Há contratempos... os textos precisam de fundamentos, de objetividade, de releituras; além de outros compromissos que afetam em dias as publicações. Além disso, o meu tempo é pontuado. Embora pequenas dificuldades apareçam de nada adiantaria sem você leitor(a). A sua presença tem um grau de importância imensa, mesmo porque sem você Uma crítica construtiva nem existiria pela falta de seu incentivo. Obrigado pela força.

Nenhum comentário: