"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."
Voltaire

tradutor

sexta-feira, 1 de julho de 2011

A EXPERIÊNCIA DE VIVER


Não é fácil encarar as mudanças que nos são impostas na vida. Com o agito urbano, isso se torna cada vez mais difícil, pois as pessoas não param para refletir sobre a sua existência. Saber lidar com os problemas e como reagir diante deles requer, além de tudo, um olhar – uma visão – totalmente diferente da empregada no dia a dia a partir de um modo mais convicto e certo de nossas ações.

As coisas da vida como hoje são vividas não andam no mesmo ritmo de 20 anos atrás, quando as pessoas reparavam mais na natureza ao seu redor, no ser humano ao seu lado. Isso está sendo perdido pelo cotidiano (pela vida moderna). O homem perde, assim, a capacidade de refletir sobre si e tudo, por causa da desculpa do tempo “corrido” – quase que cronometrado – que o destina ao estado de egocêntria.

Ao transformar o olhar, a visão, com base em processos acadêmicos, utilizando-se da observação do meio, o indivíduo cresce. Ele desenvolve uma percepção crítica através desse caminho. No entanto, só isso é insuficiente. Não basta evoluir na área técnica, é preciso evoluir também no segmento psicológico, emocional. Deste modo, estabelecer uma ligação subjetiva com As coisas da vida é mais do que importante.

Quando se consegue juntar tudo isso já justificado, há reflexão sobre as minúcias da vida e captação de um novo sentimento crítico pelos estudos. Isso resulta na capacidade de enfrentar os mais adversos problemas do cotidiano. Aqueles que passam por essas fases determinam sua reação diante das maiores controvérsias da humanidade (que por agora, não nos compete descrever).

Enfim, enxergar os traços da vida, os seus detalhes, de uma forma diferente da habitual, certamente é a opção que mais soma a pessoa. Assim, os preconceitos não seriam sustentados – pois se teria acesso aos mais variados ângulos de análise –, a vontade para vencer seria outra e as respostas para algumas situações tenderiam a ser mais dinâmicas. Portanto, talvez nada mais infalível para toda essa explicação que a fabulosa experiência de viver.

Leia também:

É NECESSÁRIO LER PARA CRESCER

Nenhum comentário: